HPV OU PAPILOMAVÍRUS HUMANO

Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST)

HPV ou Papilomavírus Humano é uma Infecção que causa verrugas em diversas partes do corpo, dependendo do tipo do vírus.

O HPV é a Infecção Sexualmente Transmissível (IST) mais comum. Muitas pessoas com HPV não desenvolvem nenhum sintoma, mas ainda podem infectar outros indivíduos pelo contato sexual. 

Os sintomas podem incluir verrugas nos órgãos genitais ou na pele circundante, sangramento vaginal. Não há cura para o vírus, e as verrugas e feridas no colo do útero podem desaparecer por conta própria. O tratamento visa eliminar as lesões. 

A Vacina que estimula imunidade contra os variados tipos de HPV, com maior probabilidade de causar verrugas genitais e câncer de colo uterino, é recomendada para meninos e meninas.

COMO É A PROPAGAÇÃO

  • De mãe para bebê durante a gravidez, parto ou amamentação.
  • Por sexo vaginal, anal ou oral sem proteção.

RECOMENDAÇÕES PARA EVITAR O CONTAGIO E PARA QUEM JA TEM HPV

  • Lembre-se que o uso do preservativo é medida indispensável de saúde e higiene não só contra a infecção pelo HPV, mas como prevenção para todas as outras infecções sexualmente transmissíveis;
  • O HPV pode ser transmitido na prática de sexo oral;
  • Vida sexual mais livre e multiplicidade de parceiros implicam eventuais riscos que exigem maiores cuidados preventivos;
  • Informe seu parceiro/a se o resultado de seu exame para HPV for positivo. Ambos precisam de tratamento;
  • Parto normal pode não ser indicado para gestante portadoras do HPV com lesões genitais no canal de parto  em atividade;
  • Consulte regularmente o ginecologista e faça os exames prescritos a partir do início da vida sexual. Não se descuide.
  • Diagnóstico e tratamento precoce sempre contam pontos a favor do paciente.

TRATAMENTOS

Preventivo

Vacina que estimula imunidade contra os variados tipos de HPV, com maior probabilidade de causar verrugas genitais e câncer de colo uterino, é recomendada para meninos e meninas.

Procedimento médico

  • Cauterização

Queima ou congelamento de uma parte do corpo para remover o tecido ou interromper o sangramento como, por exemplo, para selar uma ferida e evitar a perda de sangue.

Uso de um fio metálico aquecido por corrente elétrica para remover as células e tecido anormais do colo do útero e da vagina.

  • Congelamento

Uso de frio extremo durante cirurgia ou tratamento médico.

  • Conização cervical

Remoção cirúrgica de uma amostra de tecido em forma de cone do colo do útero. Também conhecido como biópsia em cone.

  • Medicamentos

Medicamentos tópicos 

  • Cirurgia

Criocirurgia – Cirurgia que usa frio extremo para destruir o tecido doente.

  • Eletrocirurgia

Uso de corrente elétrica para cortar tecido e controlar sangramento durante cirurgias.

Você fez os exames de rotina desse ano? Ainda dá tempo. Agende a sua consulta. Clique Aqui

Converse com o seu médico sobre as Doenças Sexualmente Transmissíveis. Cuide-se e Previna-se.

Assista um vídeo do Dr. Dráuzio Varela sobre HPV

Fontes: Dr. Drauzio Varela (drauziovarella.uol.com.br)

Hospital Israelita A. Einstein e outros.

Leave a Reply

WhatsApp chat