GESTANTE E A SAÚDE MENTAL

Uma a cada quatro gestantes sofre com problemas de saúde mental

O estudo comparou métodos mais complexos de diagnóstico de desordens do tipo com o método de Whooley, que usa apenas duas questões para averiguar se há algum risco para a saúde mental escondido em uma simples tristeza ou comportamento diferente:

• No último mês, você se sentiu incomodada por estar triste, para baixo ou desesperançosa?

• No mesmo período, você sentiu menos prazer ou interesse em fazer as coisas que faz geralmente?

Se a resposta para essas perguntas for sim, a recomendação é que o médico apure melhor a situação e, se necessário, encaminhe a gestante para outro profissional, como um psiquiatra ou psicólogo. Mais importante do que isso é, ainda, garantir um espaço seguro para que a mulher possa se abrir e perguntar sobre a saúde mental sem fazer julgamentos.

Diagnosticar precocemente, dar suporte e acompanhar cada caso é a melhor maneira de garantir que mãe e filho tenham uma mente equilibrada e uma vida feliz pela frente.

CUIDE DE VOCÊ E DO SEU BEBÊ

Dra. Nadia Pavarini

Fonte: bebe.abril

Leave a Reply

WhatsApp chat