Descarte de Medicamentos – Sustentabilidade

O Brasil é o sétimo país que mais consome medicamentos no mundo. Porém, devido aos grandes riscos à saúde humana e ao meio ambiente, o descarte de medicamentos deve ser feito em pontos de coleta específicos, para serem posteriormente encaminhados à destinação final ambientalmente correta.

Caminhos dos resíduos de medicamentos até o meio ambiente

Vídeo: Animação Descarte Consciente de Medicamentos

Quando os medicamentos são descartados diretamente no meio ambiente seus resíduos podem chegar até nós por meio dos alimentos e da água que ingerimos ou mesmo do ar que respiramos. Isso porque, sem o tratamento adequado, esses resíduos contaminam tudo ao seu redor acumulando-se nos animais, vegetais e legumes que mais tarde podem estar na nossa mesa.

Riscos

Os problemas causados pela presença dos compostos de medicamentos no ambiente ainda não são muito bem conhecidos. Sabe-se que os medicamentos diluídos em água podem interferir no metabolismo e no comportamento de organismos aquáticos. Há fármacos que são persistentes e se acumulam no meio ambiente, além dos riscos de doenças na população e animais que podem encontrar medicamentos descartados no lixo e utilizá-los. Os antibióticos também são preocupantes, pois quando expostos ao meio ambiente, tornam as bactérias resistentes ao antibiótico em questão.

Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) estabelece como obrigatoriedade o correto descarte de medicamentos. No caso dos remédios, a chamada logística reversa funciona com as farmácias e drogarias aceitando medicamentos vencidos para encaminhá-los ao seu destino final sem risco de contaminação. A Anvisa possui uma lista de postos de coleta credenciados – o processo todo é regido pela norma ABNT NBR 16457:2016.

Clique Aqui e encontre o ponto de coleta mais próximo de você

Fonte: www.cuidamosdasaude.com.br e www.descarteconsciente.com.br

Leave a Reply

WhatsApp chat